Espiritualidade

Na raiz do nosso desejo e procura, dizemos: “Deus é o mistério central das nossas vidas, Criador de todo o universo.”

O cálice do Graal

Símbolo do nosso movimento fala da atitude profunda do humano perante o Divino, a atitude de receptividade.

Aberto, o cálice permanece vazio pronto a receber, ansioso por ficar cheio. Possamos nós ficar diante de Deus, diante do Mistério. Assim, numa profunda consciência do facto que toda a nossa vida e cada minuto dela é um dom do amor de Deus…

Conscientes que só por nós somos vasos vazios, mas confiantes no constante transbordar do amor de Deus.

Possamos todas nós ser capazes de dizer e repetir uma e outra vez no reconhecimento do amor de Deus:

«A minha taça transborda»

Na busca deste cálice – diz-nos a lenda – estar na presença do Graal sem se perguntar: o que é que isto significa?; o que é que isto significa para mim? É passar ao lado da realidade da vida.

O nosso compromisso no mundo, numa atenção aos sinais dos tempos e numa presença que procuramos que seja activa e actuante, faz-nos responder às necessidades que reconhecemos prementes, de mais justiça social, mais aceitação da diversidade nos modos de ser e de pensar nas sociedades contemporâneas, mantendo um olhar atravessado pela Esperança e acreditando que é possível um mundo mais habitável para todos, onde cada Pessoa tenha lugar.

notícias e outras partilhas

Caminho Sinodal no Graal

Entre os meses de Janeiro e Abril, o Graal reuniu-se, no contexto dos seus Grupos de Pertença, para fazer esta caminhada sinodal proposta à Igreja pelo Papa Francisco. Para o efeito, o Movimento desenvolveu um conjunto de guiões que ajudam a reflectir cada um dos temas sugeridos nos documentos oficiais do Sínodo 2021-2023, e que aqui partilhamos.

Continuar a ler
No more posts to show